Deputado Estadual Hussein Bakri

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
“No trânsito, qual é o seu rolê? ” é o lema da campanha estadual do Maio Amarelo

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

“No trânsito, qual é o seu rolê? ” é o lema da campanha estadual do Maio Amarelo

Deputado Hussein Bakri, autor da lei que instituiu a campanha no Paraná, reforça mensagem: “a paz no trânsito começa por você”

Imagens
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

No Grande Expediente da Sessão Plenária desta segunda-feira (06), a diretoria do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran/PR) ocupou a tribuna para apresentar as ações programadas para o mês de maio em todo estado com o lema “No trânsito qual é o seu rolê? ” que traz a mensagem de que cada um pode fazer a diferença nas ruas e nas estradas.

O convite ao Detran/PR foi feito pelo deputado Hussein Bakri (PSD), autor Lei estadual nº 18.624/2015, que instituiu o “Maio Amarelo” no Paraná. “A gente traz esse alerta e a Assembleia está fazendo o seu papel aqui dando o pontapé inicial na Campanha junto com o Detran. É um mês dedicado a conscientização, foi aprovado por Lei inclusive da minha autoria em 2015. Mas o que precisamos focar é que a decisão está na nossa mão. A decisão entre a vida e a morte está na nossa mão. A decisão de pegar um aparelho celular e ler uma mensagem está na nossa mão. A decisão de mexer no som do carro, a decisão de pisar mais no acelerador, a decisão de ser imprudente e essas decisões não têm mais volta. A grande temática aqui é a conscientização, fazer com que as pessoas entendam, pensem bem antes de escolher a imprudência” disse o Deputado.

O Maio Amarelo tem por objetivo chamar a atenção de todos para o alto índice de acidentes de trânsito, promovendo ações para redução de mortes. O Detran Paraná, na campanha estadual, busca ser o elo que une diversas ações e iniciativas junto a escolas, secretarias, prefeituras, instituições da sociedade civil organizadas, forças de segurança e sociedade em geral, para fomentar a discussão sobre a importância da segurança no trânsito junto a todos os usuários das vias. O estado do Paraná foi o primeiro estado da federação a aderir ao Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans) ainda em 2021 e que está alinhado com a agenda global de segurança viária. O plano nacional tem o compromisso de reduzir em pelo menos 50% das mortes no trânsito brasileiro até 2028, preservando aproximadamente 86 mil vidas neste período.

A diretora administrativa-financeira do Detran/PR, Carla Cristina Filus, apresentou a campanha na Assembleia e ressaltou importância da conscientização. “O Maio Amarelo é conhecido nacionalmente sobre o mês que discutimos políticas públicas para a redução de mortes e feridos no trânsito. Esse ano o tema é a “paz no trânsito começa por você”. Por isso, conscientizar cada um dos motoristas, usuários das vias, os pedestres, enfim, a decisão é dele, porque aquele segundo da decisão que ele tem que tomar é muito importante. No trânsito não se brinca, ninguém pode brincar, então, é nesse sentido que nós queremos conscientizar toda a população”.

A Campanha

A abordagem do Maio amarelo 2024 no Paraná é um convite para refletir sobre as atitudes do cidadão como condutor, motociclista, ciclista ou pedestre, englobando todos os envolvidos no trânsito. Acontecerão uma série de ações educativas, como palestras com o tema Visão Zero, conceito de que a perda de vidas no trânsito não é aceitável e que todas as mortes e lesões graves são evitáveis por meio de ações e medidas apropriadas; Vias Seguras, que envolve uma série de medidas e práticas para reduzir o risco de acidentes e lesões nas vias públicas, como redução da velocidade, e o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito – Pnatrans.

Além disso, estão programadas atividades interativas com o Detranzinho para estudantes do 3° ano do ensino fundamental; participação do mascote robô Rod em eventos; uso de um simulador de capotamento mostrando na prática a importância do uso do cinto de segurança; além da oferta de óculos virtual e ações de conscientização sobre os riscos do álcool no trânsito. Estão programadas, também, blitzes, contação de histórias para crianças, ações conjuntas para coibir o uso indevido de ciclistas e pedestres nas canaletas, e o projeto Anjos, uma ação que alerta os pais quanto a importância de usar corretamente os dispositivos de retenção infantil.