Notícia

Notícias/Ações

Assembleia aprova projeto de Hussein Bakri que cria Dia do Produtor da Erva-Mate

Assembleia aprova projeto de Hussein Bakri que cria Dia do Produtor da Erva-Mate

Com o voto favorável de todos os deputados, a Assembleia Legislativa aprovou, nesta segunda-feira (13), o projeto de lei que institui o dia 2 de fevereiro no calendário oficial de eventos do Paraná como Dia do Produtor da Erva-Mate. A homenagem aos produtores rurais do Sul do estado foi proposta pelo deputado Hussein Bakri (PSD), que é Líder do Governo e representante dos municípios da Região na Casa.
“É um gesto simbólico, mas que representa muito. Trata-se de um setor crucial não só para a economia, mas também para a história e a cultura do Paraná”, afirmou o parlamentar.

Na justificativa do projeto, Hussein Bakri afirma que a erva-mate é uma das maiores responsáveis pela construção da identidade histórica do Paraná. Por quase um século, entre 1853 e 1929, o produto respondeu por cerca de 85% da economia estadual.

Além disso, a Região do Vale do Iguaçu, no Sul do estado, é considerada a maior produtora de erva-mate do mundo. “Tendo em vista a relevância social, cultural e importância econômica do produtor de erva-mate no Estado do Paraná, é que se justifica o presente projeto, sendo digno de reconhecimento público por esta Casa de Leis”, diz a proposta.

A escolha pelo dia 2 de fevereiro se dá pelo fato de nesta data, em 1885, ter sido inaugurada a Estrada de Ferro Curitiba-Paranaguá, que permitiu o transporte da erva-mate para exportação.

Com o voto favorável de todos os deputados, a Assembleia Legislativa aprovou, nesta segunda-feira (13), o projeto de lei que institui o dia 2 de fevereiro no calendário oficial de eventos do Paraná como Dia do Produtor da Erva-Mate. A homenagem aos produtores rurais do Sul do estado foi proposta pelo deputado Hussein Bakri (PSD), que é Líder do Governo e representante dos municípios da Região na Casa.
“É um gesto simbólico, mas que representa muito. Trata-se de um setor crucial não só para a economia, mas também para a história e a cultura do Paraná”, afirmou o parlamentar.

Na justificativa do projeto, Hussein Bakri afirma que a erva-mate é uma das maiores responsáveis pela construção da identidade histórica do Paraná. Por quase um século, entre 1853 e 1929, o produto respondeu por cerca de 85% da economia estadual.

Além disso, a Região do Vale do Iguaçu, no Sul do estado, é considerada a maior produtora de erva-mate do mundo. “Tendo em vista a relevância social, cultural e importância econômica do produtor de erva-mate no Estado do Paraná, é que se justifica o presente projeto, sendo digno de reconhecimento público por esta Casa de Leis”, diz a proposta.

A escolha pelo dia 2 de fevereiro se dá pelo fato de nesta data, em 1885, ter sido inaugurada a Estrada de Ferro Curitiba-Paranaguá, que permitiu o transporte da erva-mate para exportação.

Comentários